Luiz Henrique

Talvez por teimosia ou puro exercício de fé, ainda acredito na natureza humana ...

Textos



“COLOMBINA”
(Luiz Henrique)

Fiz-me surdo, manco e mudo
Numa crivosa cegueira sem fim
Guardando bem lá dentro de mim
Meu maior desejo - de tudo!
Indomável e secreta paixão, menina
Em que tu serias minha colombina
E eu, teu amante arlequim.

Fiz-me manco, mudo e surdo
Não sei se já passa da hora
Nem se chegará o exato momento
E por mais que pareça absurdo
Às vezes acho que é o aqui e o agora.
Em outras só me resta o lamento
Por não te expor meu pensamento
Quando ri comigo ou comigo chora.

Fiz-me surdo, mudo e manco
Desse sentimento que dia e noite
Me machuca como doce açoite.
Mas quando estamos lado a lado
E tenho teu sorriso terno e franco
Sou de todo recompensado.
Entro em ebulição, mas fico calado.


-------------------------------------------------

Luiz Henrique Noronha
Enviado por Luiz Henrique Noronha em 03/01/2012
Alterado em 03/01/2012

Música: Clair de Lune Piano - Debussy Piano

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Luiz Henrique). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras