Luiz Henrique

Talvez por teimosia ou puro exercício de fé, ainda acredito na natureza humana ...

Textos




"SILÊNCIO"
(Luiz Henrique)


Há sentimentos a revelar
que minha boca – tímida - não ousa dizer
Há desejos contidos a expressar
que meu corpo – trêmulo – insiste em conter

Quero a proximidade
de nossos corpos suados, arrebatados, sem diretriz
Quero a intimidade
de nossas almas enlevadas, como permanente fonte motriz

Quero, mais do que ser amado
te dar o meu amor, infinita e inesgotavelmente
Romper este silêncio algemado
enfrentar meus medos, me despir emocionalmente

Vai-te embora malfadada e limitante sensatez!
Alforrie minhas inseguranças. Me liberte dessa mudez




Luiz Henrique Noronha
Enviado por Luiz Henrique Noronha em 25/12/2011
Alterado em 25/12/2011

Música: Clair de Lune Piano - Debussy Piano

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Luiz Henrique). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras